segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Teatro de fantoches em uma terra de gigantes

-Compre!
-O.k.
-Use!
-Uhum.
-Alugue!
-Certo.
-Pague!
-Sem problemas.
-Venda!
- Tá.
-Consuma!
-Sim, sim.
-Produza!
-Pode deixar.
-E aaaaah, já ia me esquecendo de um pequeno detalhe: Viva.
-...



Isso é o  que pedem de nós, e isso pode ser apenas o que podemos fazer.
Portanto, enquanto fizermos o que pedem de nós, isso será apenas o que poderemos fazer.

                                                                           Confuso? Quem sabe.
                                                                           Eduardo Gerino”




3 comentários:

  1. A construção final ficou bacana, mas o tema do post já está "meio-batido-demais". Diga o que ninguém diz.

    ResponderExcluir
  2. Ah, eu gostei. HAHA
    bem diferente doo meu né ?
    UHAUIHAUIHAIUHIAUHIUAHIUHA :*

    ResponderExcluir
  3. Com o tempo, fui adquirindo uma armadura contra atitudes que procuram me subestimar. Mas provar qe esta pessoa esteja errada, seria uma maneira de "dar o troco" e elevara sua alto estima. Isso está cada vez mais difícil pois a sociedade está prestes a sofrer uma mudança forçada, porque o consumo, o ter e não o ser está cada vez mais comum “/.
    Mais isso não é o fim , pois podemos mudar isso, ñ vamos nos subestimar, não vamos deixar de viver, e a comunicação éo primeiro passo, pois é primeira coisa que realmente aprendemos na nossa vida! O engraçado é que depois que crescemos, aprendemos as palavras e começamos a falar pra valer, fica cada vez mais difícil saber o que dizer por causa de certas influências ou medo.
    Eu só queria uma forma de entender, o quanto tudo mudou desde o momento em que passou a existir essa desigualdade como uma velho ditado fala “ Manda quem pode obedece quem tem juízo”, isso não é verdade, Não abaixe sua cabeça, não desista de voc , não precisa se subestimar a ninguém basta olhar-se no espelho e ver que também pode tudo, pois voc sabe o quanto é dificil é realizar sonhos, eu sei, todos sabem, mas apesar de tudo mais dificil ainda é desistir deles!
    Adoreiiiiiii o tema *-*

    ResponderExcluir